quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Pensava que o meu primeiro post teria que ser sobre o titulo.
As mil e uma coisas que poderia eu fazer enquanto dormias. Ou enquanto te deixas ficar nesse estado de apatia, enquanto eu faço, ou escrevo, ou digo. Ou enquanto não me vês e vejo-te eu a ti e escrevo-te e conto-te e digo-te. Ou enquanto não sentes aquilo que sinto eu desmesuradamente.
Um lugar comum era o que eu ia escrever. Para desbloquear e seguir com os meus mil e um textos, as minhas mil e uma teorias, enquanto tu ficas a ver. Ou a dormir.
Mas desisti. Não me apetece escrever sobre esse tempo enquanto dormias, porque já não me apetece escrever sobre ti. Apetece-me escrever sobre mim, sobre os outros, sobre a vida, sobre o amor ou a falta dele. Sobre tudo isso que acontecia, meu amor, enquanto dormias.

6 comentários:

MRPereira disse...

Começas bem... Continua assim!

Eu, pelo menos, gostei!

Kiss kiss

Ana disse...

já tive um tempo assim.
=)

Margarida disse...

Não podias começar de melhor forma :)

Beijinho

Nirvana disse...

Bom começo, sem dúvida!
:)*

Suspiro disse...

Bem vinda! ;) gostei e Cá estarei para te ler. Beijocas

João disse...

Obrigado pelo teu comentário no meu espaço:)