sábado, 23 de outubro de 2010

e lambemos a colher

Põem-nos com o melhor bolo de chocolate do mundo à frente e a cada colherada encontramos-lhe um defeito.
Que é doce de mais. Mais uma colherada, que aquilo não é bem bolo. Mais uma colherada, que preferimos o brigadeiro e mais uma colherada e mais outro defeitozinho qualquer. Terminámos o bolo e ainda assim sentimos, rai's parta o bolo, que não era assim tão bom para interromper uma dieta. Mas ainda lambemos a colher.
E fazemos isso, com tudo o resto. Os maridos que fazem isto ou aquilo, os amantes que são amantes.
O trabalho, que é não é a nossa vocação ou é, mas mal pago, ou tem um mau chefe, ou um mal colega ou é o telefone que tem um toque qualquer que podia ser diferente. Mas lambemos a colher.
É incoerente, é sim senhora. Há quem diga que é português, eu diria que é, pura e simplesmente, humano.

5 comentários:

Sutra disse...

Concordo plenamente... é humano! :)

beijo
Sutra

Brandie disse...

Somos eternamente insatisfeitos, e às vezes precisamos provar do amargo para perceber que aquele bolo, com todos os defeitos é uma delícia! E isto é válido para tudo.

a mulher certa disse...

achas que as primeiras 44 são uma seca? no 2666

clara disse...

são um bocadinho são. escrevi um post sobre isso:
http://enquantotudormias.blogspot.com/2010/10/wow.html
mas agora tou a achar giro.

clara disse...

Brandie,
Aquele bolo é maravilhoso, sem defeitos. Não entendo as criticas.