terça-feira, 5 de outubro de 2010

nada de jeito

Mala por desfazer, roupa por lavar, jantar por fazer...
Nada de jeito para ler, nada de jeito para ver, ninguem no chat para conversar.
os mails ficam ali, sem resposta. Não me apetece responder àqueles cujo o ego só os deixa ouvir "gosto de te ver de azul" quando dizemos apenas que gostamos da cor azul.
Não me apetece que o dia de hoje acabe. Não que seja alguma coisa de jeito, mas porque o de amanhã será muito pior.
Por isso, deixo-me por aqui ficar. Ser ler, sem ver, sem escrever. Nada de jeito, pelo menos.

2 comentários:

...Ju... disse...

parece que sim, clara!

benvinda ao "era uma vez"...

Semgracinha disse...

Bem, estou estupefacto com tanto optimismo.
E "gabo-me" eu de ser pessimista...
Pelo menos assim nunca sofremos decepções. As nossas aspirações já são tão baixas, que tudo o que vier é mais do que tínhamos previsto loool.