segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Não acredito em destino, nem em profecias, nem em coincidencias.
Não acredito em bruxas, pero que las hay, las hay.