terça-feira, 16 de novembro de 2010

O meu colega espanhol


O meu colega espanhol está a adaptar-se muito melhor que eu.
Ele, pura e simplesmente, está a borrifar-se.
Não percebe nada do que as pessoas dizem, mas sorri e diz que sim.
Ninguém percebe o que ele diz, mas ele acha que sim e está tudo bem.
Não gosta da comida, não a come. Não almoça e não faço ideia o que faz durante o resto do dia.
As miúdas giras percebe ele bem. É vê-lo a acenar e sorrir, apesar de dizer que aqui são TODAS gordas.

No outro dia apanhei-o a falar com um irlandês sobre uma vila. "ich dérrrrre a trrrrréine?", o outro respondeu-lhe que que sim, que conhecia pessoas que tinha crescido lá. Só percebeu o grow-up there e ficou contente. O comboio estava a ser construído. Sorriu e, assim, ficaram duas pessoas contentes

2 comentários:

Phyxsius disse...

Os espanhóis têm uma dificuldade crónica em aprender/perceber qualquer língua que não seja a deles. Um pouco como os franceses e os alemães. Faz-me recordar que a última (e única) vez que adormeci numa conferência foi, precisamente, por ser um mexicano a dar a palestra em inglês. Não teria sido tão entediante se ele tivesse falado em espanhol.

GuroZen disse...

Ahahahah, os Espanhois são os melhores! Beijinhos