quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Não esquecer


- perceber melhor que raio tenho a funcionar a gás em casa, antes que volte a aparecer uma factura de 550 Euros.
- não abrir a boca ou colocar um dedinho numa tecla que seja, sem ter a certeza que se tem para dizer algo minimamente interessante. Algo absolutamente genial era o ideal, mas isso já funciona segundo as regras da probabilidade. Quanto mais vezes atiramos a moeda ao ar, maiores são as probabilidades de sair coroa (mesmo que nunca sejam superiores a 50%). Há que mandar umas larachas para se conseguir dizer alguma coisa de jeito, vá, pelo menos, uma vez por ano.
- não começar listas, sem ter mais que dois míseros itens. Começa agora.

1 comentário:

MRPereira disse...

Dasse! Factura de 550€ de gás? Nada meigos, esses senhores!

Beijo grande, Clara