segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Os pormenores


Londres encantou-me, não como um todo, mas pelos seus pormenores.
Poderia encantar como um todo. Acho a cidade bonita e adoro as misturas arquitectónicas. Mas eu sou uma pessoa de pormenores. Um pormenor pode fazer-me odiar, outro pode fazer-me adorar.
Aqui, não gosto de um, nem de dois ou de três pormenores. Gosto de todos e gosto do facto de que haja tantos.
Gosto dos autocarros vermelhos, dos táxis pretos, dos vasos floridos a cada poste de iluminação.
Gosto das pessoas que interagem, sem interagir. As que vão depressa, as que vão devagar, as que sorriem, as que choram, as que aproveitam o espelho da grande loja, para arrancar um pelinho com pinça, as que passam e não vêm.
Gosto do tempo, que ora chove, hora faz sol, hora faz vento. Chega-te para o lado que aqui esta frio e a um passinho esta muito melhor.
Gosto da loja de brinquedos, com 200 anos, repleta das novas modernices, repleta dos antigos tesourinhos.
Gosto do big ben e do seu som a cada hora.
Gotos do tal palácio, do tal museu, da tal rua.
Gosto de Londres.

2 comentários:

sandra disse...

sou uma fã confessa de Londres
estava há uns dias sem vir aqui e não sabia que andavas a passear :)
enjoy!

PS: este ano tenho q voltar aí já que as descrições já me deixaram com bichos carpinteiros lol

kiss, kiss

Anónimo disse...

Londres love y 2. Bbbb