quinta-feira, 31 de março de 2011

Lei de Murphy


Ontem tinha uma chamada pelo skype, as 18h. Daquelas mesmo mesmo importantes, que não queremos falhar de modo algum, nem sequer nos podemos atrasar.
Apesar de, normalmente, demorar 15 minutos a chegar a casa, tinha já decidido sair as 17h em ponto, para poder ir calmamente, ligar o computador, testar a minha imagem, não fosse preciso dar um jeitinho no cabelo ou na maquilhagem.
Estava já a preparar-me para sair, faltavam 2 minutos para as 17h, aparece-me a mete-nojo-cor-de-rosinha a pedir para ver uma coisa. Fiquei logo nervosa e despachei-a em 3 tempos.
No caminho para casa, passa por mim, a alta velocidade,um carro da policia, daqueles a paisana que, de vez em quando liga as luzes e a sirene, Ia a fazer uma perseguição. Mais a frente, o carro atravessa-se no meio da estrada, imobilizando o carro que perseguia. Cool. Afinal em Drogheda, as vezes, isto ate e' emocionante. Pois, mas o raio da "guardia", enquanto fazia sei la o que com o perseguido (merda, donde estava não conseguia ver) resolveu cortar a estrada e mandar os carros todos por outro lado. Eu não me importava nada de ir por outro lado. Se soubesse o caminho. E com isto tudo, já tinha passado meia hora e eu a ter que chegar antes das 18h.
La pus o gps, que demorou séculos a captar sinal e fui seguindo os outros carros. Um transito infernal. Passado 20 minutos já só tinha andado 200 metros.
Entretanto, ia insistindo com o leitor de CDs, para conseguir ouvir o único CD que encrava, mas que e' o que mais me apetece. Aquilo, como sempre, la encravava e eu, vá de carregar em todos os botões, tira e põe CD, ate ter conseguido a proeza de encravar TUDO. O CD não tocava e já não saia de dentro do leitor. Agora, oiço radio irlandesa e e' se quero.
Cheguei a casa, precisamente as 18h. La se foi o raio do jeitinho ao cabelo e a maquilhagem e la fui ligar o computador a correr. Demorou séculos.
As 18h10 la consegui por aquilo a trabalhar. Aparentemente. Não se ouvia nada e via-se muito muito mal.
Passamos para o telefone. Ohhhhhhh....

3 comentários:

Anónimo disse...

ohhhhh mesmo, mas o mais importante conseguiste, que era estar lá a horas.


Bjs

Maria

Anónimo disse...

ohhhhh mesmo, mas o mais importante conseguiste, que era estar lá a horas.


Bjs

Maria

Anónimo disse...

Deus escreve por linhas tortas... Still crossing fingers! Bbbbbb