quarta-feira, 11 de maio de 2011

Um de cada vez


Ha sempre mais que um problema. Costumamos acreditar ate, que a tal lei de Murphy funciona e se algo pode correr mal, corre. Que uma coisa nunca vem só e tudo nos aparece ao mesmo tempo como se um teste aos nossos limites se tratasse.
Eu sou mais céptica. Acho que e' o nosso estado de espírito que nos faz parecer que tudo se passa ao mesmo tempo e temos a reacção do "só cá faltava mais esta", Esta que, se calhar, não seria considerada um problema, mas apenas uma contrariedade caso nada mais houvesse para nos atormentar.
Eu, neste momento, sinto que tenho varias problemas, uns mais profundos, outras mais existencialistas, outros mais exteriores a mim, em que forcas externas me afectam.
E, como creio que qualquer ser vivo faria, procura uma solução para aquele que, aparentemente, parece ser o de mais curto prazo. Estava a ordem não seja a certa, talvez exista, efectivamente uma cadeia, e eu esteja só a começar o telhado. Não sei, talvez.
Sei que, neste momento, só consigo lidar com uma coisa de cada vez. Sei também que quando o que nos afecta e' externo, dói um bocadinho menos que o interno que nos põem em causa a nos próprios.
Por isso, agora, um de cada vez, por favor. E mais não esperem.

3 comentários:

R. disse...

Pensa assim: não há nada que não tenha solução (excepto nós sabemos o quê...). Por isso, é uma questão de tempo? Que seja. Faz o que estiver ao teu alcance para resolver o que podes. O resto também vai resolver-se. Uma coisa de cada vez, um dia de cada vez. E, não vale a pena "sofrer por antecipação"... não resulta, não resolve nada, e só te deixa mais angustiada.
Vais ver que tudo vai ficar resolvido :)

Anónimo disse...

Excelente decisao para comecar!
Bbbb

Laura Ferreira disse...

Acho bem.