quinta-feira, 7 de julho de 2011

Different place

Gosto desta expressão, porque resume, em duas palavras, o que demoraria muitas para dizer.
E porque, muitas vezes, isso é pura e simplesmente o que se passa. As pessoas têm objectivos, visões, ideias muito diferentes. Às vezes escassa o assunto, como se a amizade ou o amor em comum não chegassem. Em que é dificil entender, perceber e, talvez até, apoiar. Simplesmente estamos um passo à frente, ou num caminho paralelo, em que o trilho dos outros não interessa ou, pura e simplesmente, cansa.
Às vezes, a distancia dessas duas pessoas, que cresceram em sentidos diferentes dói e a dor leva sempre a culpas, ou mágoas ou incertezas.
Não há culpados e estou convencida que é ciclico e que, volta e meia, as pesoas lá se voltam a encontrar.
Ate lá, e volto ao inglesismo, passa-se por um "bad place".
Hoje, eu, estou num lugar desses e, sei-o, não há pachorra.



2 comentários:

Turtle disse...

Sei o que isso é :) Força!

clara disse...

Thank you, Turtle ;)