quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Há Portugal, mais português do que este?





Também deve haver flamingos em muito sitio. Até porque os ditos emigram não sei para onde. Podia ir agora pesquisar e fazer aqui um brilharete, mas nem quero saber.
Sei que há nove meses atrás (já é um ano lectivo, caraças!) os via todos os dias debaixo daquela que é a minha ponte. Sim, todos os dias, porque desde que construiram a ponte, muitos deles deixaram de emigrar. Ou melhor, não todos os dias que isso de conduzir é um bicho de sete de cabeças que não me deixa apreciar a paisagem. Ainda assim, passava por eles e sabia que estavam lá.

1 comentário: