quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Pros & Cons

A parte boa:
- A croma que ha em mim esta de volta (pode nao parecer uma coisa boa, mas voltar a normalidade e’, de certa forma, um alivio, mesmo que essa normalidade esteja carregadinha de defeitos e parvoices);
- Sempre disse que nao ha melhor forma de aprender uma lingua que ter um flirt com um nativo dessa lingua. Se o nativo for o teu professor, o nivel de esforco aumenta exponencialmente. Aprendi mais ingles nas ultimas semanas, que num ano a viver aqui;
- No meu caso, borboletas no estomago, alimentam. Ou seja, o apetite reduz exponencialmente e da sempre lugar a um numero mais fofinho na balanca;
- Como diz a Rita Maria num comentario, devia fazer parte do manual de sobrevivencia para emigrantes (estou a postar atraves do mail e nao consigo confirmar ipsis verbis). Enquanto anda distraida com estas tretas, uma pessoa relativa bastante melhor aquilo que, normalmente, atormenta a serio;

A parte ma:
- passar a preocupar-me com o que levar vestido para o raio duma aula a um sabado de manha;
- se uma gaja ja passa horas a interpretar uma tretinha qualquer dita e a procura de entrelinhas, imaginem se essas entrelinhas forem numa lingua que ainda nao se domina;
- ter que voltar atras com a palavra e rever tudo aquilo que ja disse e pensou sobre o especimen irlandes;
- perder tempo com facebooks e mails, sempre a ver se ja ha resposta, o que e’ que disse e pardais ao ninho;
- Sao inevitaveis os olhos de carneiro mal morto e a figurinha de parva inerente a este estado de espirito.

O facto de estarmos perante uma perfeirta analfabeta emocional, deveria ser incluida na parte ma, mas ainda nao estamos no ponto de viragem, apenas na parte de disfrutar as borboletinhas e a falta de apetite. La chegaremos.

3 comentários:

ladybug disse...

Just enjoy!

ladybug disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

Uaaaaaaaauuuuu, ela está de volta! E eu tb, ao blog.
Bbbb