terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Errar é preciso

Enganei-me. Outra vez. Enganei-me quando acreditei que uma mudança para a Irlanda seria a melhor coisa que me poderia acontecer. Talvez ainda venha a ser. Pelo caminho, bati no fundo e passado um ano, mudei de posto na empresa. Deixei, assim, de lado e, por agora, as viagens, a minha querida cidade madrilena e um certo estimulo intelectual que esta nova função não oferece. Vantagens: procuro esse estimulo noutro lado, com o mesmo ordenado.
Enganei-me em relação ao prof de inglês. Aliás, acho que ele é que se enganou até ter descoberto a francesa. As conversas existencialistas, madrugada fora, mantêm-se. Vantagens: a mim, que andava meia assexuada, demasiado ocupada com merdas que não interessam nada e que não cabem no blogue.
Enganei-me em relação a Dublin. Afinal, tem mais que o frio e a fabrica da guiness. Vantagens: deixei-me surpreender sem expectativas. Acho que hoje em dia é raro não se alimentarem expectativas, boas ou más. Não existe isso da tabua rasa ou folha em branco. Quando damos por nós a preencher aquela que estava efectivamente vazia, incluimos nas nossas vidas, o factor surpresa, que não mais tem para ser dito, que apenas um é tão bom, que é mesmo.
Enganei-me em relaçao a muitas coisas na minha vida. Pessoas, trocos, gramáticas e matemáticas. Ao contrário do que seria expectável, acho que erro mais à medida que envelheço ou a percepção trai-me a memoria e parece-me tudo infinitamente mais grave ou pesado ou com mais impacto.
Enganei-me, esqueci-me, não importa. Já dizia aquele que achava que me ia ensinar a conduzir o seu velho mercedes, "as referências não importam, a distância do passeio também não. Não à primeira. Importa sim, saber corrigir". E se até esta alminha, às vezes acerta, qualquer um de nós o faz.

5 comentários:

Maria disse...

Gostei tanto deste teu post.
Bjs

Anónimo disse...

Va la rapariga!nao desanimes!
Por morrer uma andorinha nao acaba a Primavera.

Bloga-mos disse...

Já estou a verificar preços na Ryanair.

clara disse...

Thank you, Maria. Até nem acho que seja dos meus melhores. Precisava de desbloquear isto, para er se volto a escrever aqui com mais frequência.

Bloga-mos, vê a aerlingus.

Pseudo disse...

Clara, errar é apenas um passo para acertarmos muitas vezes no futuro. :)