terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Post à Arrumadinho, dedicado ao Miguel e ao Prezado

Afinal, que querem as mulheres?
Toda a gente sabe, inclusivé as próprias, o que querem as mulheres. Querem um principe encantado que as beije durante o sono, que lhes saiba a enfiar o sapato no pezinho (até certa idade no sentido literal) e um vestido que não as transforme em aboboras. Se o principe estiver já casado com a Cinderella é mesmo esse que elas vão querer, porque se outra já o escolheu, deve ser mesmo encantado.
Querem o happily ever after, apesar de nunca ninguém lhes ter contado o resto da história.
Ninguém as preparou para a cerveja, os jogos de futebol, a playstation, o puto que chora e a bruxa má que mantém o contacto pelo chat do facebook.
Que o principe vai continuar a despertar, mas porque ressona, que para receber o tal beijo, convém continuar a fazer a depilação, que a fada madrinha não vai transformar a abobora em mais nada, muito menos em sopa, apesar da bimby já ajudar.
A somar a tudo isto, as mulheres têm, ainda, uma especie de sindrome de estocolmo que as faz ver o principe num lobo mau.
Simples, não é?

13 comentários:

Bloga-mos disse...

Exactamente, Clarinha minha; simplificando ainda mais, as mulheres precisam de razões para quecar enquanto os homens apenas de um sitio. Eu preciso a little bit of both...

Miguel disse...

Eu tenho um amigo que me diz: nunca tentes compreender as mulheres, pois quando elas dizem verdade isso significa mentira e vice versa! Quando querem significa que nao querem e quando nao querem estao mortinhas por querer!

Bloga-mos disse...

Com amigos desses...os resultados estão à vista. Que besta que os teus pais pariram, foda-se!

clara disse...

Wow, o que vai práqui!
Miguel, não leves a mal, boys will be boys, isto é só defesa da donzela ;)

De resto, deixa-me só dizer que há de tudo, loiras, morenas, gordas, magras, homestas, desonestas, simpáticas e antipáticas. O truque é ouvir menos os amigos e mais as meninas ;)

Miguel disse...

Possas Clarinha, com futuros maridos desses ainda me admira como voces querem casar!Mas tenho que concordar contigo, neste mundo ha de tudo e nao vale a pena ouvir conselhos de outros, sejam amigos ou familia.Faz-te ah vida e vive-a por ti propria!

Bloga-mos disse...

A quem estás tu a chamar Clarinha, dude?

clara disse...

Ahahah! Este Bloga-mos saiu-me melhor que a encomenda.

Miguel, é mesmo por isto que uma mulher casa, para ter um homem que protege a caverna ;)

Miguel disse...

Protege a caverna ou espanta os pardais?

Sissy disse...

Adorei a definição e digamos que não está longe da verdade, para dizer que em alguns caso não é a verdade completa!

Beijoo****

Bloga-mos disse...

Miguel, apesar da animosidade que levantas em mim colocava-te um bocadinho acima de pardal; tordo, talvez...

Miguel disse...

Bloga-mos isso eh um convite a um duelo?Ok, tu podes usar a bomba atomica que eu uso um berlinde!

Bloga-mos disse...

Berlindes, a arma dos pardais armados em tordos...

Salvador disse...

Essa do síndrome de Estocolmo foi muito acertada. Vocês gostam mesmo é daqueles que as fazem sofrer... ))