domingo, 11 de dezembro de 2011

Resumo dos meus jantares de natal

Quem é que disse às irlandesas:
- que tinta laranja no corpo dava efeito bronzeado?
- que sendo tão branquinhas e ruivinhas, um vestido branco com collants brancas é que lhes ficava mesmo a matar (em cima da tinta laranja)?
- que para coxa grossa, saia curta?
- que andar em cima de andas (e não me venham dizer que são peep shoes ou puta-que-pariu o que lhes chamam as fashionistas desta vida. Não chega ter nome para ser giro) é elegante?
- que à falta de Canarval, o Natal é um bom momento para se andar mascarado?
- que com as temperaturas que por aqui se sentem, a utilização dum soutien é desnecessária?

4 comentários:

Carlos disse...

Mas entao quantos jantares de Natal ja tiveste tu?

Pseudo disse...

Futura cunhada, o mau gosto e sentido de estética delas nunca mudarão. De qualquer modo, sempre admirei o à-vontade com que elas os revelavam.

clara disse...

Dois, Carlos. Número mais que suficiente para concluir quem quem vê um, vê todos.

Pseudo cunhada, sem dúvida, há que lhes dar a mão à palmatória nesse aspecto!

Bloga-mos disse...

Com tamanha falta de concorrência tenho que me apressar e fazer as malas...
Olá, Mana.