domingo, 8 de janeiro de 2012

A noite de ontem

-um casal de ex-namorados, ele a fugir dela, mas a levá-la para casa no final da noite;
- um irlandês, que anda encantado com uma brasileira e que passou metade da noite a fazer-me perguntas sobre "nós", como se fosse a mesma cultura. A outra metade passou mais encantado com a húngara;
- a hungara que repetia "I'm vorking so much in my accent, how do people tell I'm not irish";
- o frances que explicou que lê todos os livros como sobre como abordar uma gaja, que repete os clichés todos "demoras 5 segundos a formar uma opinião", "com a atitude certa, podes conhecer alguém, até no supermercado", mas confessa que ainda lhe falta prática;
- e a tuga a diet coke porque está a lutar contra dez quilos irlandeses que se lhe instalaram no rabo e na barriga.

Conclusão, uma croma é uma croma em qualquer lado e sempre encontramos forma de nos encontrar.

7 comentários:

Pseudo disse...

Brevemente, irás receber notícias minhas e não só :)

Richard disse...

Common, feeling self pity won't take you to the next step.Chill out girl, enjoy yourself!

Alix disse...

ai os quilos! também ando na luta contra eles. força*

meninaluaprimavera disse...

kakakakaka!
obrigada pela primeira gargalhada do dia!

Manuel disse...

Oh menina Clara Ferreira Barbosa, nao tenha medo da opiniao dos outros, certamente havera quem goste de si aqui na Irlanda, seja Irlandes, Tuga e de outra qualquer nacionalidade, pois aqui encontra-se pessoal de todo mundo.

clara disse...

Devo ter escrito alguma coisa mal, porque o que eu queria dizer e' que ja encontrei ca dos meus e ainda bem. Todos diferentes, mas todos cromos. E, ja agora, diverti-me muito!

clara disse...

Pseudo, mas posso esperar!!!!