segunda-feira, 4 de junho de 2012

As dietas

Antes que venha algum desgraçadinho criticar a dieta, dizer que isto ou aquilo não pode ser, que não pode ser saudável, que vou ganhar o peso todo de volta, esclareço já que a perda de peso (assim como ganho) é provocado por uma situação de desequilíbrio. Por isso, não há dietas ideiais e cada um deve procurar aquilo que lhe faz bem. O ganho de peso no final de qualquer dieta deve-se, sobretudo, ao facto do nosso corpo se aperceber que começam a entrar menos coisas e, assim, começar a armazenar mais, baixando o nosso metabolismo. É por isso que, no final de uma dieta, há a chamada fase de manutenção, em que é necessário habituar o corpo à abundância. Isto é muito fácil falar, porque, entretanto a pessoa já se sente muita bem, invencível e já se privou de muita treta pelo caminho.
Eu nunca tinha tido uma luta tão cerrada com a balança como este ano, mas toda a minha vida convivi com pessoas que a tinham e sei, melhor que ninguém, as frustrações, as vitorias, as dietas iô-iô.
A dieta que estou a fazer actualmente parece-me das mais equilibradas e é, sem dúvida alguma, a mais fácil. Também tem alguns sacrifícios e posso dizer que ontem, que voltei a ter insónias e, consequentemente fome, custou-me não ter à mão um pedaço de pão que, rapidamente, me aconchegaria.
A minha dieta foi concebida por uma empresa chamada Slimming World, que existe na Irlanda, UK, Canadá e EUA. Todos os dias a pessoa deve comer a quantidade que quiser daquilo que eles chamam de Free Foods (comida livre) e que, em linhas gerais, consistem em frutas e vegetais, deve comer duas Healthy choices (escolhas saudáveis), uma de um grupo a, outra de um grupo b, basicamente, isto consiste em comer um lacticio e cereais, à escolha. Finalmente, temos o terceiro grupo de comida, ao qual chamam os syns (pecados). Segundo a slimming world, devem-se comer 5 pecados por dia, não se devem ultrapassar os 10 e máximo dos máximos, pode chegar-se aos 15. O número de pecados varia de comida para comida. Uma colher de sopa de mel tem 1 pecado, uma colher de sopa de parmesão tem 5.
Nas free foods, há ainda as Super free, que se oodem comer à vontadinha. Um dos truques da dieta é encher um terço do prato com as tais super free, um hidrato de carbono e uma proteína.

Exemplo de um dos meus dias de dieta:

- pequeno almoço: weetabix com uma colher de sopa de mel e um pedaço de banana às fatias;
- meio da manhã: resto da banana do pequeno almoço com uma fatia de ananás;
- almoço: omelete à espanhola (com batata cozida, fiambre e uma colher de sopa de ricotta) com tomate.
-meio da tarde: iogurte 0% (é de uma marca especifica que se vende aqui, ainda tenho que descobrir uma marca que a substitua em Portugal) de baunilha com pedaços de morangos frescos;
- jantar: almôndegas em molho de tomate com massa e salada de alface.

Se no meio destas refeições, ainda tiver fome, enfio mais uma peça de fruta ou um iogurte para o bucho.
Neste dia, comi 3 syns (deveriam ser 5 no minimo), um pelo mel e dois pelo ricotta.

Agora, venham de lá essas criticas, que enquanto a balança continuar a descer, querocásaber.

5 comentários:

Quase nos "entas" disse...

Se te sentes bem e equilibrada na alimentação....;)

Anónimo disse...

Vais fazer dieta o resto da vida ou isso eh so para engatar um gajo?

clara disse...

É para mantê-lo.

Anónimo disse...

Ok, eu diria ossos do oficio!

Anónimo disse...

Como substitua tem a dieta SLIM7.
www.facebook.com/slim7.pt