quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Talvez volte em breve, talvez não

A agora que eu andava a escrever como se não houvesse amanhã, primeiro meteu-se o raio da constipação, depois o trabalho e amanhã, as férias.
A constipação permaneceu enquanto o trabalho acelerava (e o meu cérebro abrandava) e parece que também quer férias e veio para ficar.
A dieta foi pó galheiro - é possível não comer torradinhas com manteiga e com chazinho quando se tem febre? Qual fruta, qual iogurte magro, qual quê? Nem o comprimido desce. E doença que se preze leva logo a lamechisse e lamechisse que se preze leva a nutella à colher.
A mala está por fazer, a roupa por passar a ferro (mãe, levo-te actividade doméstica directamente da Irlanda) e o despertador já está programado para as 6h. Diz que amanhã, lá para o meio-dia já vou levar com solzinho na tola. Ainda diziam os meus colegas que a verdadeira Clara nunca saía da sombra. No sentido, literal, claro. Que quem me lê, já sabe que a minha vida é um circo, cheio de histórias emocionantes, como ir ao ikea a um domingo e fazer bricolage a uma segunda (tirar um casquilho duma lampada que ficou preso é uma elaboradissima tarefa de bricolage). Palhaços, então, não lhe faltam. É ver-me na Irlanda, senhores, e ver-me brilhar ao sol.
E pronto, vou só ali fazer a mala, que apesar do meu apelo no facebook, a dita não se faz sozinha.

2 comentários:

Pec disse...

Bom só posso dizer BOAS FÉRIAS. E que essa constipação vá de vela - isto lá é altura para ter coisas dessas?

Anónimo disse...

Cuidado com o Sol prinssuza!!! Essa pelezinha branquinha ja nao esta acostumada.