domingo, 28 de outubro de 2012

E quando eu achava que ainda havia solução

A minha mãe liga-me, a um Domingo de manhã, num tom aflito:
- o Manolo está doente!

Sim, o Manolo é o cão da pipoca, pessoa que nem eu, nem ela, conhecemos de lado nenhum.

1 comentário:

Fuschia disse...

Mais valia virar-se para as novelas.