segunda-feira, 5 de novembro de 2012

To stop or not to stop

Sou fumadora inveterada há 18 anos. Ouch. Estas cenas é que me fazem sentir velha.
Sei os malefícios do tabaco todos de cor. Como fumadora, forçam-me a ouvi-los dia sim, dia não.
Também sei que deixar de fumar custa e, sobretudo, engorda. Já senti no pelo.
Nunca nada disto me convenceu a deixar de fumar, depois duma curta tentativa que fiz há uns quatro ou cinco anos.
Manter o vicio do tabaco na Irlanda é uma cena muito muito cara. Enquanto um maço em Portugal, actualmente, custa cerca de 4 euros, na Irlanda custa 9,20 euros. Desde que vim para Irlanda, tenho-me safado com tabaco português ou espanhol, que vou comprando ou pedindo que me tragam. No primeiro ano tive que viajar bastante em trabalho, por isso, o esquema funcionou relativamente bem. De há uns meses para cá, a coisa já não tem funcionado tão bem e tenho-me visto a pagar um dinheirão para alimentar o meu vicio. E este tem sido o mote que me tem levado a pensar mais na coisa. Claro que a questão da saúde também pesa, mas tenho que confessar que a carteira pesa mais. E o cheiro. O hálito, o cabelo, a tosse...
Por isso, estou a pensar seriamente que agora é que é. Só tenho um problema, tenho um medo terrível de engordar até há quinta casa. Logo agora que fiz tanto esforço para perder uns míseros 5 quilos.
Tenho investigado tudo o que possa ajudar, desde os pensos, a acupunctura, passando pela hipnose.
Resolvi perguntar à enfermeira lá do trabalho que recomendava ela. Foi muita bruta. Força de vontade e acabou. E o efeito placebo, dude? E pelo caminho, lembrou-me do que vai acontecer nos primeiros tempos. "vais engordar, vais tossir a porcaria toda que fumaste até agora, a tua pele vai estalar, vais engordar, etc etc etc". Animadora.

5 comentários:

Dúvidas e Certezas disse...

Eu era uma fumadora do pior, se não estava a fumar estava a pensar nisso...lol. A verdade é que tive um incentivo de saúde muito forte mas deixei de fumar à bruta já há 4anos sem recaídas e cada vez menos penso nisso. Não havendo um incentivo destes (e ainda bem!!) eu tomava uma daquelas medicações para deixar de fumar, conheço várias pessoas que o fizeram e não sofreram tanto quanto eu e continuam clean. Segundo sei a hipnose também funciona bem, mas a vontade terá que estar sempre presente. E o apetite é normal que sintas nos primeiros tempos mas depois passa, a hipnose também ajuda nisso :)Sabes o que mais me agrada em ter deixado de fumar foi libertar-me de andar sempre a pensar em fumar, mas isso só se nota depois. Resumindo, é duro mas é tudo menos impossível, acredita. Boa sorte!!

tugasemdublin disse...

boas,
o que é engordar quando vais ganhar anos de vida e mais importante, Qualidade de vida? pensa nisso.
Podes passar para o cigarro electrónico, mas o importante é sempre reduzir ou eliminar esse vicio...
Forca nisso, não é fácil mas vale a pena.

redonda disse...

Tenho duas amigas que deixaram de fumar e não engordaram. Talvez a solução para evitar comer mais quando o apetite e o sabor melhoram, seja estar ocupada. Penso que terá sido o que sucedeu com elas.

sandra disse...

já com algum atraso mas só hoje estive a ler alguns dos últimos posts :)

este fds ouvi falar nisto na TV, n sei se funciona, diz q sim... eu deixei de fumar com relativa facilidade mas era uma aprendiz de fumadora lol

experimenta ;)
http://www.stopsmokingcoach.eu/home.ashx?lang=pt#registertab-tab

clara disse...

Obrigada, Sandra. Vou dar uma vista de olhos :)