domingo, 25 de novembro de 2012

Uma pausa

Já tenho andado a ameaçar há uns tempos e acabo por nunca o fazer. Preciso de uma pausa.
Quem me conhece, sabe que tenho um defeito, quando meto uma coisa na cabeça, dificilmente ma tiram. E eu meti uma coisa na cabeça e o resultado será o obvio, o mesmo de sempre, eu vou conseguir.
Meti uma coisa na cabeça e, na verdade, tenho feito uma coisa muito foleira para atingir o meu objectivo, tenho utilizado o blogue para esse fim. E isto das palavras tem muito que se lhe diga. Se num dia conseguimos escrever algo brilhante e obter uma reacçao que supera as nossas expectativas, no outro, ou porque estamos menos inspiradas ou menos seguras, o mesmo não acontece. E o pior é que, esta coisa das palavras, atormenta-me a mim, mais do que a qualquer outra pessoa. Vira-se o feitiço contra o feiticeiro. E não é saudável.
Tenho muita coisa para dizer. Tenho sempre. Mas ando aqui demasiado focada num determinado tema, no qual sou muito melhor ao vivo e a cores. Sobre o qual também tenho muito a dizer, mas lá está, sei que o farei melhor, pessoalmente.
Tirando isso, falta-me o assunto. E é por isso que, até arrumar esta cabecinha, vou ficar calada (aqui, que isso de ficar calada na vida real é demasiado esforço para mim).
Volto em breve. Prometo.

2 comentários:

J. Persoa disse...

Até breve, espero :) *

redonda disse...

Vou esperar que a pausa passe depressa :)