quinta-feira, 23 de maio de 2013

Mensagens

A tua mensagem ficou por ler. Até passar muito tempo, até passarem muitas coisas, até passarem muitas pessoas, até passarem as urgências de te ver.

Guardei-a, bem guardinha, escondida entre outras, camuflada entre outros. Entre outras histórias, outras línguas, outras experiências.

A tua mensagem ficou por ler, para me lembrar, até esquecer.

A tua mensagem ficou por ler, marcada, só para eu a ver.

1 comentário:

Anónimo disse...

Clarinha, a poeta, sim senhora!!