sábado, 3 de agosto de 2013

Bbbbbbb

Ontem tive saudades tuas. Tenho sempre, como bem sabes, mas ontem lembrei-me de como, ás vezes, entravas por aquele escritório a dentro, qual furacão, e nos levavas a todos á frente, com o teu entusiasmo. Saudades de quando se entaramelava a língua por teres tanto para dizer, saudades de quando tinhas uma ideia e passados 5 minutos, ali a tinhas, num powerpoint de primeira categoria. Saudades dessa tua generosidade, cujo o exemplo que uso é a do estoril open, mas que podiam ser tantos, tantos. Saudades de quando apostavas "se ela quer, consegue". Saudades das noites regadas a vodka e whisky.

Ontem tive um bocadinho mais saudades tuas, porque o mundo é pequeno e cruzei-me com alguém, nesta Irlanda, que te ouviu os briefings preparados com tanto detalhe e empenho, que só os tinhas dado por terminados, ás 4h da manhã, do dia anterior. Alguém de quem, muito possivelmente, nem te lembras, mas que não se esqueceu de ti e te admira. Alguém que me contou isto, sem saber que somos amigas.

Ontem tive saudades tuas. Depois conto-te o resto. STF. Bbbbbb

2 comentários:

Anónimo disse...

Oh amor eu sou tao melhor escrita por ti! Bbbbb conta-me ja! Chat

clara disse...

Oh babe, estás enganada. As minhas palavras não te fazem jus.