sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Menos é mais

Não sou perfeita. Também cometo erros. Também me arrependo de coisas. Ás vezes sou mesquinha, outras teimosa, às vezes tenho só TPM, que é um "só" que vem tudo e tudo leva à frente.

Tenho o meu lado negro. Tenho o meu lado ressabiado quando me sinto injustiçada, rejeitada ou outra coisa qualquer terminada em "ada", que agora não me estou a lembrar.

E para contrabalançar este post podia dizer que também tenho mil e uma qualidades. Temos todos. Afinal, sou só humana. Igual à maioria (há sempre alguém melhor, há sempre alguém pior). Eu, claramente, encontro-me na média. Não sou excepcional, também não sou horrivel. Sou o que sou. Já tive a minha fase adolescente complexada (talvez um pouco tardia), tenho dias maus, tenho momentos menos bons.

Sou igual a muitos de vós. Tão simples quanto isso.

Á noite, consigo deitar a cabeça na almofada. Sem pesos, durmo descansada. E isso sim, é mais do aquilo que muitos poderão dizer.

2 comentários:

Quel* disse...

Como se costuma dizer: A consciência tranquila, é a melhor almofada que existe.

SuperSónica disse...

Tão verdade a ultima frase... Eu também sou assim!