segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Noticias da Irlanda

Por mais anos que aqui se viva, este país consegue sempre surpreender. É verdade que só vivo há dois, quase três, mas já deu para perceber que cada dia há uma coisa nova, nem que seja uma chuvada de 5 minutos, num dia de sol. Aliás, minto, o que surpreende mesmo são 5 minutos de sol num dia de grandes chuvadas. Surpreende-nos o sol e o irlandês que imediatamente despe a camisa, busca os chinelos e corre corre corre para fazer um barbacue.

Sair à noite continua a ser o meu grande momento de estudo antropológico. Durante o dia, vejo as minhas colegas de camisinha abotoada, sapatinho raso, quase prontas para ir à igreja. Á noite... É vestir o calção mais curto, despejar a maior lata de laca na cabeça e borrar o baton mais vermelho. Se não houver calção, veste-se o vestido de gala. Aquele que se levou ao casório da prima da mãe.

Nas casas de banho dos pubs há sempre uma senhora com um carregamento digno do melhor salão de estética de Portugal. Não só a senhora está lá para ir mantendo a coisa limpa, passar-nos o papel para limpar as mãos, como fornece desodorizante, perfume, pastilhas e, nos melhores pubs, preservativos.

Depois do fim-de-semana, há sempre fotografias marcantes a circular no facebook. Ele é gordas a engolir miúdos, ele é gajos desmaiados no chão, miúdas a fazer chichi para os caixotes de lixo no meio da rua. Este fim-de-semana, depois de um concerto de Eminen, circulou uma fotografia de uma miúda a fazer sexo oral a um ruivinho, no meio do concerto. Só classe, esta Irlanda.

E o melhor disto tudo é o bem que nos pode fazer ao ego. Primeiro, uma pessoa sente-se logo magérrima quando vê as vestimentas, depois, há uma espécie de jogo "passa a outra e não à mesma", que garante atenção masculina. Podes ter sido a décima tentativa do gajo, mas bolas, you still got it.

Se fores ao Coppers, o kaxaça cá do sitio, e levares uma palmada no rabo, não haja dúvidas, o gajo esteve ali a escolher. O teu foi o merecedor de tamanha atenção. O pontapé que lhe deste naquele sitio, foi carinhoso. Obrigadinha, toma lá a outra face.

Finalmente, há que admitir, a ganga aqui tem outra resistência. Outra loiça.


 

 

 

 

3 comentários:

Sister V. disse...

Que animação!

Algures disse...

Momentos "priceless"...

Kruzes Kanhoto disse...

Pois. Agora percebo melhor a razão por que uma irlandesa badocha me espirrou para cima na Praia da Rocha.O facto de a minha mão ter parado subitamente quando apenas estava a meia dúzia de centímetros das fuças da tipa é que ainda hoje me intriga...