quarta-feira, 27 de novembro de 2013

I'm in love

Sou uma eterna apaixonada. Apaixono-me com muita facilidade e intensidade. Desengane-se quem pensa que volto no mesmo registo, o dos gajos. Nada disso, aquilo de que falo é da paixão sem tesão. Sou apaixonada por objectos, animais, amigos e amigas. Coisas e pessoas que me fascinam e que tenho urgências em conhecer, em ver, em absorver tudo aquilo que têm para me oferecer.
Quando mudei de país, acho que foi isso que me custou, separar-me das minhas paixões. E não, não havia mouro na costa. Esclareço mais uma vez.
Mantenho essas paixões, à distancia, com muita saudade. A casa que tive que alugar, os amigos, tantos, o Jamaica antes de ter à entrada uma estrada côr-de-rosa que lhe deu o triste estatuto de ser in e frequentado por pessoas que dizem "encarnado", um certo oitavo andar em Miraflores e as pessoas que o preenchiam, as escadas de emergência onde fumava ilegalmente e tantas tantas outras coisas.
Demorei a perceber que, enquanto falava deste melancolismo que é viver fora, era isso que me faltava, paixões.
Comecei por me apaixonar pela cadelinha mais fofinha do mundo e, não me interpretem mal, que eu adoro-a de paixão (daí a redundância), mas este coração é muita grande e havia espaço por preencher.
Apaixonei-me outra vez, pelas gémeas mais giras que já vi, ainda que só por fotografia, pelas pessoas que conheci recentemente, pela A pessoa, a gaja (senhora gaja, sff) com quem mais me identifiquei desde que cá cheguei, o calmeirão mais pequenino que alguma vez vi e o sósia do Snowden. E mais haveria, se este post não estivesse já demasiado grande, secante e lamechas.
Eu cá, estou feliz. Por estar tão lamechas outra vez. Por ter encontrado os meus. Porque tudo ficou tão mais fácil.

6 comentários:

Sophia disse...

voltaste :))

Mary Jane disse...

Ainda bem que não és a única a ter de esclarecer que moiro na costa não será o único motivo para a tua felicidade e infelicidade.

Que bom ter-te aqui outra vez :)

Cor do Sol disse...

Eia, já foste e já vieste :p

Nicca disse...

Quem é essa gaja? Calmeirão? Um snowden?! Das-te com gente estranha...

(Love you!!)

Ana A. disse...

Tão bom!

clara disse...

Voltei e muito surpreendida pela descoberta de leitores que não sabia que tinha. Sophia, you made my month!
Mary Jane, gajo é condição suficiente, mas não necessária para a minha felicidade (mentira, grande parte do tempo, nem suficiente é).
Cor do Sol, escusado será dizer que também és uma das minhas mais recentes paixões. Mas tu já levaste muitos links ;)
Ás demais, obrigada pelas boas vindas. Assim, vale a pena. Happy girl.

O regresso, vem aos poucos, mas vem.