quarta-feira, 17 de setembro de 2014

E esta, hein?

Este fim de semana, estava eu, alegramente, a conversar com uma amiga espanhola, quando um rapaz nos interrompe, para meter conversa. Pergunta se somos espanholas, a espanhola, obviamente, respondeu que sim e eu ca fiquei caladinha, que vi logo que não era para mim a chamada de atenção.
Pois que o menino também era português. De Bragança. E ali esteve a dar o seu melhor espanhol enquanto batia couro. Quando a espanhola se fartou, lá meteu conversa comigo. Perguntou-me de onde sou. E perante a minha resposta, informou-me "odeio".
"desculpa? Como assim odeias? A minha cidade? Eu? As pessoas?"
- "Odeio tudo, odeio Lisboa, o Ribatejo, o Alentejo e o Algarve. Odeio o sul"
- "mas conheces alguém de lá?"
- "Nao e recuso-me. Nós, do norte, somos assim, odiamos o Sul"

Posto isto, saí de fininho, já a fazer o figão, que isto do quebranto pode ser uma grande tanga, mas nunca fiando.
Fiz uma única consideracao sobre o assunto, mas deixo-vos com isto e com a caixinha de comentários, ali em baixo, para que me contem as vossas.

9 comentários:

Lias disse...

Estou com vergonha alheia.

Ana A. disse...

Anormal e cá para mim do FCPorto!

Maria Rita disse...

"Nós do norte"??? Eu sou de Bragança e não odeio ninguém do sul só porque sim... As pessoas não param de surpreender :(

Anónimo disse...

Tripeiro de origem, transmontano de circunstancia, mas não me revejo nesse comentário. Muitos e bons amigos a sul, boas recordações das muitas viagens.

Para quem não tem abertura a conhecer alguém do próprio pais, emigrar é obra...

Lullaby disse...

olha que parBoíce!
o norte é acolhedor por natureza, não se isola em tom de superioridade! a rivalidade porto-lisboa existe desde sempre mas eu considero uma crispação saudável e engraçada (dentro dos limites), o que não faz com que deixe de adorar lisboa!
somos todos portugueses ainda que do Alentejo para baixo se fale muito inglês :D eheh há sempre uma ovelha negra e infelizmente calhou-te na rifa, apesar dos km de distância!

Mary disse...

idiotas.
idiotas everywhere!

Timido disse...

Eu sou Alentejano, e já morei no Algarve, Lisboa e agora moro no Ribatejo...
Devo ser o acumular dos ódios desse jovem...

Joana disse...

Também já me cruzei com portugueses assim, mesmo no estrangeiro. Há certos tipos de pessoas que me dão alergia e esse é um deles. Sou do norte e adoro o sul (excepto a questão das touradas, talvez), aliás, adoro o meu país.

redonda disse...

Nasci em Lisboa, cresci no Norte, tenho um avô transmontano e outro alentejano, não me revejo em algo tão estanho assim, como odiar quem nem sequer conheço apenas porque nasceu/viveu numa parte do país?