segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Quando achas que pior é impossível

Vem algo ou alguém que te prova o contrário e que nada, mas mesmo nada, é impossível.
Também eu entrei nesse desafio de listar os 10 livros que me marcaram, no facebook.
Costumo ignorar muitos desses desafios, mas bolas, era sobre livros e eu gosto tanto de livros. E perco poucas oportunidades para me gabar que leio muitíssimo. Leio 3 a 4 páginas por dia, até se me comecarem a trocar os olhos, mas raiosparta, que já é muito acima da média. 
Também eu recorri aos clichés do Princepezinho e do Gabriel Garcia Marquez, mas caraças, nao há como fugir a certos clássicos.
Alguém escrevia num post, que isto dos livros iria servir para fazer uma limpeza ao seu facebook e que apagaria toda e qualquer pessoa que incluísse, na sua lista, Paulo Coelho. Achei que tinhamuitíssima  razao. Nada tão mau me teria ocorrido. Até hoje. Até alguém ter misturado o Princepizinho e O Diario de Anne Frank com esse top de vendas que foi, nada mais, nada menos, que As (famosas) sombras de Grey. Tive tanta vergonha alheia…

2 comentários:

Maria Bê disse...

Mas tiveste vergonha porquê? Qual é o mal de gostar do Principezinho e da Anne Frank e do Paulo Coelho? A sério, qual é?
Sorriso!

Anónimo disse...

Bem pior seria misturar Anne Frank com qualquer livro escrito pelo Nicholas Sparks...! :P