sábado, 10 de janeiro de 2015

Ano novo, vida nova

E ao décimo dia, 2015 é já o ano em que aprendi a dizer não. 

1 comentário:

Mam'Zelle Moustache disse...

Cá para mim, isso já merece umas palmas! :)