terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Resoluções

E as minhas resoluções não terminaram. Volta e meia lembro-me duma nova. Na verdade, eu adoro resoluções. Acho saudável que se pense no que se deve investir ou alterar, sempre que se fecha um ciclo. Eu, faço resoluções, não quando muda o ano, mas várias vezes. Quando faço anos, em Setembro, hábito velho de começo de ano lectivo, e todas as vezes que subo para uma balança.

Hoje fiz só mais uma: Eu.

Sim, simples, mas potente. Eu. Nada de dietas, nem de ginásios, mas sim cuidar de mim com aquilo que me dá prazer. Prioritizar-me. Esperar que me agradem, antes de querer agradar. Pedir provas, em vez de sentir necessidade de aprovação. Ouvir as minhas músicas. Ler os meus livros. Escrever as minhas palavras.

Eu, eu, eu.

Pode parecer egoísta, mas é, na verdade, a minha decisão mais altruísta.

1 comentário:

Miss Purple disse...

E é sem dúvida das melhores :)