terça-feira, 27 de outubro de 2015

Assolapadas

Tenho saudades de paixões. Daquelas bem minhas, assolapas. De quando tudo servia de pretexto para escrever um post. De quando descobri o instagram e fiz da cadela a musa de uma pretensa artista. De quando o ombro de alguém era o meu lugar favorito ou o toque duma mensagem me acelerava o coração. 
Tenho a certeza que os meus amigos não têm saudades nenhumas dessas minhas montanhas russas, de cima a baixo, a cada 5 segundos, mas, na verdade, a mim não me importa chorar. O que preciso é de sentir. Só de sentir. 

6 comentários:

Ana A. disse...

Percebo-te tão bem!

Mary disse...

Same here.

Anónimo disse...

Três, adoro paixões assolapadas, sou uma apaixonada por natureza, e estou capaz de me apaixonar em breve, mas é uma situação meio chata, daí que talvez não, mas apetecia-me imenso...
Isa

clara disse...

Wow! Ainda há 3 pessoas que de alguma maneira vêm cá ler :D Obrigada!

Isa, conta mais. Adoro essas histórias! ;)

Isa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

Não posso... :) mas apetecia-me tanto... só que é um risco muito grande. Longe da vista, longe do coração, acho que controlo, mas na presença é que são elas. É meio enrolado e se assim continuar não vai haver continuidade, parece-me. Enfim, não sei, mas que queria, queria, este era o gajo ideal emocionalmente para eu me apaixonar, lamentavlmente, a situação é meio chata... :)
Isa